Translate

BOLSA PILOTO – Governo Federal abre inscrições | Saiba mais...

Candidatos devem se inscrever para concorrer a uma das vagas do programa até 25 de setembro.


Foto © ASCOM



A Secretaria de Aviação da Presidência da República abriu nesta segunda-feira (14/09/2015) o prazo de inscrições para candidatos interessados em concorrer às 65 vagas do programa Bolsa Piloto. A iniciativa é desenvolvida em parceria com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e conta com o apoio do Ministério da Educação (MEC).

Serão selecionados 65 bolsistas, que participarão de aulas práticas de voo para obtenção de licença de pilotagem em duas categorias: Pilotos Privados de Avião (50 bolsas na categoria avião com habilitação de classe monomotor terrestre) e Pilotos Comerciais (15 bolsas na categoria avião com habilitação de classe multimotor terrestre e habilitação de voo por instrumentos).

Para inscrever-se, o candidato deve atender aos requisitos obrigatórios e às regras de participação publicadas em edital no Diário Oficial da União. As inscrições são gratuitas e realizadas exclusivamente online pelo endereço eletrônico Secretária da Aviação Civil. Para visitar o site, clique aqui.




O Programa é uma continuidade das políticas públicas do governo federal e tem como público-alvo estudantes brasileiros que estejam cursando ou sejam egressos de cursos superiores relacionados à aviação civil, como Ciências Aeronáuticas, Tecnológico em Pilotagem Profissional ou Pilotagem Profissional de aeronaves, Engenharia Aeronáutica e Manutenção de Aeronaves, entre outros. Para o ministro da Aviação, Eliseu Padilha, o programa reforça a integração das políticas sócio-educacionais do governo federal. "O poder público trabalha pela igualdade de oportunidades. O Bolsa Piloto vai atender a um público que tem um sonho mas não tem condições de realizá-lo".

Uma das exigências do edital é que o interessado seja ou tenha sido beneficiário do Programa Universidade Para Todos (Prouni) e detentor de nota do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) datado a partir do ano de 2010. As etapas eliminatórias e classificatórias podem ser consultadas aqui.


A divulgação do resultado preliminar da seleção de alunos, da lista de escolas e aeroclubes credenciados para receber os bolsistas, bem como das próximas etapas do concurso serão oportunamente divulgadas no portal da Secretaria de Aviação da Presidência da República e da ANAC.

AS ETAPAS DO PROGRAMA

1 – Lançamento de Edital de Seleção de Alunos;
2 – Lançamento de Edital de Credenciamento para as escolas de formação de pilotos;
3 – Divulgação dos selecionados, pela Secretaria de Aviação da Presidência da República;
4 – Contratação das escolas que receberão os bolsistas;
5 – Início das aulas.

ESCOLAS E AEROCLUBES – CREDENCIAMENTOS


A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) publicou, nesta segunda-feira (14/09/2015), no Diário Oficial da União, Edital de Credenciamento para escolas e aeroclubes participarem do projeto Bolsa Piloto para a formação prática de 65 pilotos de avião. As inscrições para o credenciamento ocorrerão entre até o dia 07 de outubro de 2015. Acesse aqui o Edital e Anexos.

Poderão participar do processo de credenciamento para celebração de Termos de Compromisso, as escolas de aviação civil e aeroclubes que atenderem plenamente a todas as exigências constantes no Edital e seus Anexos, inclusive quanto à documentação e aos requisitos de habilitação.

É importante informar que a habilitação da escola será confirmada por meio do Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores – SICAF, nos documentos por ele abrangidos. Caso o licitante esteja irregular no SICAF, deverá apresentar os documentos que supram tais exigências.


O projeto Bolsa Piloto faz parte de um acordo firmado entre a ANAC e a Secretaria de Aviação Civil (SAC) para capacitação de profissionais de aviação civil, mediante oferta de bolsas de estudos para a formação prática de novos pilotos de avião.

INVESTIMENTO

Para a concessão das bolsas, a ANAC investirá R$ 1,4 milhão na oferta de 65 oportunidades para a formação de pilotos. Do total, serão 50 bolsas para formação prática de piloto privado (categoria avião com habilitação de classe monomotor terrestre), e as outras 15 bolsas para formação prática de piloto comercial (categoria avião com habilitação de classe multimotor terrestre e habilitação de voo por instrumentos).

A implementação do projeto de concessão de bolsas se dará em três etapas. A primeira delas é a Chamada Pública de divulgação do projeto, por intermédio de Edital de Credenciamento para as escolas de formação de pilotos, que está sendo realizada pela Anac. A segunda etapa, o lançamento do Edital de Seleção de Alunos, a ser feita pela Secretaria de Aviação Civil, bem como a divulgação, pela Secretaria, dos alunos selecionados para realização dos cursos.

Ainda na segunda etapa, caberá à Anac divulgar a lista das escolas de aviação civil credenciadas para oferecer as bolsas. Na terceira e última etapa, a Secretaria de Aviação ficará encarregada de providenciar a contratação e pagamento das escolas credenciadas.

Mais informações sobre o programa de fomento à capacitação de pilotos de aviação civil serão oportunamente divulgadas no site da Anac e Secretaria de Aviação.

As informações são da Secretaria da Aviação e ANAC.




Estamos no Instagram e Tumblr, siga-nos:










Comente com o Facebook: