Translate

Boeing 747 Ed Force One de Iron Maiden está fora de turnê após acidente. Veja fotos

Fotos © Iron Maiden e IronMaiden 666
Fotos © Iron Maiden e IronMaiden 666












Fotos: Iron Maiden e IronMaiden 666

No último sábado (12-mar),  o Boeing 747-400 alugado pela Banda Iron Maiden, apelidado como “Ed Force One” sofreu um acidente com um veículo reboque no Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez, em Santigo, no Chile. A aeronave estava sendo reabastecida antes de voar sobre os Andes em Córdoba onde a banda realizou o recente show neste ultimo domingo (13-mar). 

Durante o transporte, o garfo (parte do mecanismo que conecta o reboque à aeronave) se soltou. O reboque avariou gravemente a carenagem, dois dos motores e ferindo dois operadores do reboque. Os dois operadores foram levados ao hospital.

Os engenheiros estiveram no local avaliando os estragos, e segundo eles a aeronave sofrerá um bom período de manutenção e precisará de dois novos motores.

Mesmo com o Ed Force One “machucado” em Santiago. A banda fretou metade de sua logística a bordo do lendário Boeing 737-200 da Aerovias DAP e outra metade da logística foi transportado por caminhão para o show de Córdoba. Já o serviço de embarque e aduana ficaram por conta de Aerocardal.

No Brasil, o 747 Ed Force One, estava programado para realizar o primeiro pouso em solo brasileiro na cidade do Rio de Janeiro (Aeroporto do Galeão), pela quarta-feira (16-mar) por volta das 16h45min. (hora local). Após, a aeronave decolaria às 14h da sexta-feira (18) para Belo Horizonte (Aeroporto de Confins).
Até o momento deste artigo, banda não cancelou seus shows para Brasil e para sua turnê 2016. O calendário dos shows pode ser acompanhado aqui.



Abaixo imagens do acidente:


Fotos © Iron Maiden e IronMaiden 666

Fotos © Iron Maiden e IronMaiden 666

Fotos © Iron Maiden e IronMaiden 666

Fotos © Iron Maiden e IronMaiden 666

Fotos © Iron Maiden e IronMaiden 666




Comente com o Facebook:

Mais Lidas da Semana

Entrevista com aeromoça brasileira da Emirates

Seleção TAM: perguntas da entrevista individual (PARTE 2 de 2)