Translate

China Eastern Airlines finaliza encomenda de 15 Boeing 787-9 Dreamliner








China Eastern Airlines finalizou com a Boeing uma encomenda de 15 aviões Boeing 787-9 Dreamliner. A ordem, no valor de quase $ 40 bilhões em preços de tabela, fortalece o plano de expansão da frota de longo curso da China Eastern.

"Estamos muito felizes em apresentar os novos 787 Dreamliners para nossa frota de longo curso", disse Liu Shaoyong, presidente da China Eastern . "A adição destes aviões de ultima geração irá desempenhar um papel fundamental no apoio da estratégia de expansão de nossa frota internacional".

China Eastern planeja operar os novos 787-9 em rotas entre China, América do Norte e Europa, reforçando a sua competitividade no mercado internacional de longo curso.

Com a crescente demanda de tráfego aéreo, a transportadora planeja aumentar frequências em rotas já existentes a partir de Xangai para Los Angeles, New York, San Francisco e Toronto, bem como o seu destino recém-lançado, Chicago. As rotas são atualmente operadas por aviões 777-300ER da companhia aérea.

A família 787 tem provado ser um abridor de mercado incomparável, com mais de 100 novas rotas sem escalas já em serviço ou anunciadas, bem como uma ferramenta eficaz para aumentar a frequência com lucro, muitas vezes em conjunto com o 777.

Para China Eastern, operando tanto o 777 e 787 permitirá a companhia continuar crescendo sua presença internacional com mais capacidade e carga útil em freqüências chaves existentes, ao mesmo tempo proporcionará a flexibilidade para uma maior expansão em mercados de alto crescimento.

O 787-9 complementa e amplia a família do Boeing 787. Com a fuselagem esticada por 20 pés (6 metros) sobre o 787-8, o 787-9 pode voar com mais passageiros e mais volume de carga e ainda tem um alcance maior de operação com o mesmo desempenho ambiental - 20 por cento menor em utilização de combustíveis e 20 por cento menos poluente com emissões de gases do que os aviões que o 787 substituem.
Mais de 60 clientes de seis continentes do mundo encomendaram mais de 1.100 787s, tornando o 787 o avião de corredor duplo – mais rápido  em vendas na história da Boeing. Com este fim, o 787 Dreamliner terão cerca de 100 encomendas e compromissos de clientes chineses.

Com sede em Xangai, na China, China Eastern Airlines é uma das três principais companhias aéreas na China. Voa uma frota com mais de 560 aviões de longo curso e de curta distância com uma idade média de menor de sete anos. China Eastern serve quase 100 milhões de passageiros por ano e classifica entre as sete maiores operadoras do mundo em termos de volume de transporte de passageiros.



Comente com o Facebook:

Mais Lidas da Semana

Entrevista com aeromoça brasileira da Emirates