Pular para o conteúdo principal

UTI Aérea e Transporte aeromédico – Uma outra parte da Aviação

UTI Aérea e Transporte aeromédico – Uma outra parte da Aviação | É MAIS QUE VOAR
Foto © Brasil Vida - Instagram.

Este é uma outra parte da aviação pouco falado, mas muitas vidas já foram salvas graças ao resgate e remoção de pacientes via transporte aéreo. Leia na integra algumas histórias.




Os serviços de transporte aeromédico e UTI Aérea são de suma importância para a sociedade, uma vez que conduzem pacientes – com uma estrutura hospitalar dentro do avião – para qualquer lugar do país e do mundo. A equipe médica preparada, a agilidade no transporte, o preparo da tripulação: tudo isso contribui para que as missões ocorram da melhor forma possível, de modo a conduzir vidas rumo à esperança de cura e tratamento. Por isso, todas as ações são feitas em conjunto, com um time engajado, unido e, sobretudo, humano.

Em casos de pacientes com necessidade de rapidez e agilidade no transporte devido ao quadro clínico instável, são utilizadas as aeronaves com UTI Aérea, compostas de uma ordenação moderna e segura. O envolvimento da equipe com as vidas transportadas é um dos aspectos que permeiam todas as missões.

Casos


No dia 03 de junho de 2019, um recém-nascido com 10 dias de vida, diagnosticado com cardiopatia congênita e que precisava correção cirúrgica, foi transportado de Araguaína-TO para Goiânia-GO pela Brasil Vida Táxi Aéreo, mediante liberação do SUS.

O Dr. Claudenir Katzwinkel, médico responsável pela operação, afirmou que não houve intercorrências durante o voo, pois todos os cuidados prévios necessários foram tomados, além do bebê ter sido conduzido do modo mais humanizado possível. “É muito gratificante poder ajudar a manter uma vida.

Ainda mais a de um bebezinho, que é tão importante para uma família que está nascendo”. Segundo a mãe do bebê, Hellen Brito, o atendimento dos médicos foi crucial para todo o processo. “Pessoas incríveis cuidaram do meu filho, eu só tenho a agradecer por tudo o que fizeram por nós. Tenho certeza que são essenciais para cada criança e cada vida que passa por vocês”, contou Hellen.

UTI Aérea e Transporte aeromédico – Uma outra parte da Aviação | É MAIS QUE VOAR
 Acima, o transporte de Recém-Nascido de Araguaíno/TO para Goiânia/GO. | Foto © Brasil Vida - Divulgação.

Uma missão também delicada e cautelosa foi realizada em junho de 2019 pela Brasil Vida, transportando um paciente de Fernando de Noronha para Recife. Com um diagnóstico de infarto agudo no miocárdio, o paciente permaneceu estável durante o voo, com respiração espontânea e sem intercorrências a bordo. O piloto da operação, Arthur Leone, frisou que além da equipe médica, a tripulação tem papel crucial na condução de pacientes que necessitam de atendimento especializado.

De fato, todos os pilotos da Brasil Vida passam pelo treinamento aeromédico de forma bem criteriosa, de modo que auxiliam e são agentes ativos nas missões. O Dr. Luís Comini, médico responsável pela missão, ressaltou que trabalhar com o que gosta e com uma equipe de excelência é “privilégio para poucos”. Ele destacou ainda que o SAMU de Fernando de Noronha foi essencial para o transporte. “A agilidade e a cautela com o paciente foram os pontos marcantes da remoção, de modo que o trabalho da Brasil Vida foi executado sem intercorrências”.

UTI Aérea e Transporte aeromédico – Uma outra parte da Aviação | É MAIS QUE VOAR
Foto Aérea: Missão em Fernando de Noronha. | Foto © Brasil Vida - Divulgação.

O enfermeiro e Coordenador Aeromédico Gilberto Júnior, que atua em diversas missões nas mais diferentes configurações, afirmou que participar de uma missão aeromédica e poder fazer a diferença na vida de alguém que está envolvido nela - seja paciente, acompanhante ou familiar –  é algo difícil de ser descrito.

UTI Aérea e Transporte aeromédico – Uma outra parte da Aviação | É MAIS QUE VOAR
Na imagem, o Coordenador Aeromédico Gilberto Júnior juntamente com o Enfermeiro Aeromédico Ramon Mesquita. | Foto © Brasil Vida - Divulgação.


Gilberto enfatizou ainda que é delicado definir o que é ser um profissional aeromédico ou realizar um transporte aeromédico, haja vista ser uma profissão cheia de pormenores e emoções.  “Saber que a minha atuação é crucial para alguém que confia e precisa dos nossos serviços, é algo que escancara a extrema responsabilidade que temos e o quão importante é buscar se aperfeiçoar para oferecer o melhor durante o transporte aeromédico. Trabalhar com isso pode ser qualquer coisa, menos algo comum. É mais que especial, é indescritível”, concluiu o Coordenador.



Todas as informações contidas neste artigo são de Brasil Vida Táxi Aéreo.


Comentários

Mais Lidas

Grupo Emirates anuncia lucros obtidos no semestral 2019-2020

JetSMART adquire a Norwegian Argentina

Chilena SKY encomenda 10 aeronaves A321XLR para expandir sua presença internacional







2019 © É MAIS QUE VOAR
Ads