Pular para o conteúdo principal

Airbus A400M realizou os primeiros contatos aéreos a seco com um helicóptero em voo

Airbus A400M realizou os primeiros contatos aéreos a seco com um helicóptero em voo | É MAIS QUE VOAR
Foto © Airbus - Divulgação.

O reabastecimento ar-ar de helicóptero é uma operação tática militar que envolve baixas velocidades e baixas altitudes. Leia em detalhes.





Uma aeronave cargueira Airbus A400M de nova geração realizou com sucesso em 24 de setembro de 2019, o primeiro contato aéreo de reabastecimento de helicóptero com um H225M. Ao longo de quatro voos operados em condições diurnas no sul da França, o A400M realizou 51 contatos secos, atingindo um marco decisivo para a sua capacitação plena como avião-tanque. Esses testes foram realizados sob a coordenação da “DGA Essais en vol”, o centro francês de testes em voo.

Os testes, que não envolveram combustível e foram realizados entre 1.000 pés e 10.000 pés em velocidades de voo de até 105 nós, confirmaram os resultados positivos dos voos de proximidade anteriores realizados no início de 2019. A próxima etapa do programa de testes de voo envolverá operações de contato com combustível, programadas para ocorrer até o final de 2019 e antes da certificação final em 2021.

A campanha de testes de voo também incluiu os primeiros testes de proximidade entre o A400M e um helicóptero H160 solicitados pela Agência Francesa de Compras de Defesa, no âmbito do estudo de viabilidade para o Guépard (um futuro helicóptero militar de múltiplas funções para as forças armadas francesas). Os testes foram realizados com sucesso.

A foto publicada neste artigo, mostra o A400M executando contatos a seco com um H225M operado pela Airbus Helicopters. 

Operação do A400M como avião-tanque


O A400M está certificado para ser rapidamente configurado como avião-tanque, não exigindo uma versão de aeronave dedicada. O A400M transporta até 50,8 toneladas (111.600 libras) de combustível em suas asas e na caixa central da asa, sem utilizar qualquer espaço do compartimento de carga. Também podem ser instalados dois tanques adicionais no compartimento de carga, cada um com uma capacidade de armazenagem de 5,7 toneladas (11.400 libras) adicionais de combustível. O combustível transportado nos tanques extras pode ser de natureza diferente do combustível dos tanques principais. Isso permite que o A400M atenda às necessidades de diferentes tipos de aeronaves receptoras.

Como avião-tanque, o A400M já demonstrou sua capacidade de reabastecer caças receptores como o Eurofighter, o Rafale, o Tornado ou o F/A-18 em suas velocidades e altitudes preferidas, e também é capaz de reabastecer outras aeronaves grandes, como outro A400M para reabastecimento de aeronaves semelhantes (buddy refuelling), ou ainda um C295 ou um C-130.

O reabastecimento ar-ar de helicóptero é uma operação tática militar que envolve baixas velocidades e baixas altitudes. Após essa conquista e sua certificação final, o A400M se tornará um dos poucos aviões-tanque do mundo capazes de realizar tal operação.


Comentários

Mais Lidas

Seleção TAM (LATAM): perguntas da entrevista individual (PARTE 2 de 2)

Amaszonas anuncia voos para o Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu







2019 © É MAIS QUE VOAR
Ads