Companhia aérea regional Asta, de Mato Grosso, intensifica voos durante a pandemia

by - segunda-feira, maio 25, 2020



Companhia aérea regional Asta, de Mato Grosso, intensifica voos durante a pandemia | Foto © Herbert Monfre - Fotógrafo de Avião - Imagem produzida por Herbert Pictures | É MAIS QUE VOAR

Durante o período de pandemia a companhia visa atender as necessidades das empresas e profissionais do agronegócio em Mato Grosso.



Com a redução de seus voos regulares, devido à pandemia, a companhia aérea regional de Mato Grosso – Asta Linhas Aéreas – redirecionou parte de suas operações para os serviços de transporte de cargas e fretamento para passageiros no estado mato-grossense. O objetivo é atender as necessidades das empresas e profissionais que atuam na região, especialmente no agronegócio, assim como moradores de cidades do interior do estado.

A companhia atua com uma frota de três aeronaves Cessna 208B Grand Caravan podendo transportar até nove passageiros, que são bem aceitas em diversos tipos de carregamentos e operacionais em aeroportos de pistas curtas e com pouca infraestrutura. Os voos fretados para passageiros garantem conforto e segurança, possibilitando aos clientes manter suas viagens, com a mesma qualidade de atendimento e preços promocionais.

"Buscamos oferecer mais opções para atender as necessidades dos nossos clientes, tendo em vista que o agronegócio é a principal atividade do estado e não pode parar, mesmo diante das dificuldades que estamos enfrentando com a pandemia. Com a opção de fretamento, além da agilidade para deslocamentos, os passageiros têm todo o conforto e segurança de um voo particular", afirmou Adalberto Bogsan, CEO da Asta.

A companhia atua desde 1995 com voos entre Cuiabá e cidades do interior de Mato Grosso, com foco no agronegócio, constituindo a maior malha sub-regional do país. Partindo da capital mato-grossense, são 10 cidades atendidas: Água Boa, Aripuanã, Canarana, Juara, Juína, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste e Tangará da Serra.

Como medidas de contenção à pandemia, a companhia destacou que reforçou seus procedimentos de segurança, de acordo com os protocolos recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e determinações dos governos federal e estadual de Mato Grosso, que são:

  • Disponibilizou álcool em gel nas aeronaves;
  • Os colaboradores e tripulantes passaram a utilizar itens de proteção;
  • Orienta sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras pelos passageiros;
  • Adotou medidas especiais de higienização das aeronaves;
  • Como as aeronaves da Asta não são pressurizadas, o ar é trocado continuamente.


Durante esse período de contingência recomendado pelo governo, alguns voos podem sofrer alterações.

LEIA TAMBÉM:

0 Pessoas comentaram este artigo